Chegou a nova versão da Mi band, com várias características inovadoras: A principal novidade é o seu tamanho, que agora possui 1,2 polegadas com resolução 126 x 294 pixels — um salto considerável em relação ao display 0,95 polegadas da Mi Band 4. Outro recurso interessante da Mi Band 5 é o plugue magnético do carregador. O método busca acabar com o processo nada intuitivo de separar a caixa e a pulseira do dispositivo para posicioná-la no carregador — isso deve economizar tempo e também dar mais vida útil à carga da bateria da pulseira. Por falar em bateria, a pulseira vem com 125 mAh, que deverá garantir uma média de 14 a 20 dias de autonomia, segundo o fabricante. A pulseira também inclui medição de oxigênio no sangue (o oxímetro), acompanhamento do ciclo menstrual, 11 modos de atividades especializadas (entre eles remo, ioga, tênis, tênis de mesa, corrida, pular corda e andar de bicicleta), além do tradicional cronômetro. Em relação aos monitoramento de sono e de frequência cardíaca, O fabricante afirma ter melhorado ambos os sensores em até 50% — agora será possível acompanhar os batimentos cardíacos 24 horas ao dia — até quando a Mi Band estiver em standby. Ela também passará a exibir quantas horas de sono R.E.M você teve durante a noite, além de sono leve e profundo. Pela primeira vez, a Mi Band 5 também calculará o Personal Activity Intelligence (PAI). Ele é basicamente te indica, com base em diversas pesquisas de saúde, o quão saudável você deve estar. E uma função não relacionada à saúde, mas igualmente interessante: será possível utilizar a Mi Band 5 como controlador para tirar foto com o celular sem tocá-lo — isso é bem útil para registros em família nos quais ninguém pode ficar fora.

Xiaomi Mi Band 5

R$ 349,00Preço